PUBLICIDADE

São Paulo / Esporte

São Paulo terá público total no GP de F1 2021

 

O governo de São Paulo anunciou a realização do ‘Grande Prêmio SP de Fórmula 1’ para 100% do público na capital paulista, com exigência de apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19. A gestão estadual não esclareceu, porém, se será obrigatório ter a vacinação completa ou apenas a primeira dose.

De acordo com o Vacinômetro, 91,7% dos adultos com mais de 18 anos foram imunizados com a primeira dose até esta segunda (16). Em relação à população total, o percentual é de 69%. A aplicação da segunda dose ou da dose única da vacina atingiu apenas 28,2% da população adulta. Para que a proteção seja eficaz, é necessário que o esquema vacinal esteja completo.

O evento, segundo o governador João Doria (PSDB), deve ocorrer no fim de semana de 06 e 07 de novembro, mas existe a possibilidade de que ele seja adiado para o final de semana seguinte, 12 e 13 de novembro, após pedido feito pelo governo paulista e a Prefeitura de SP.

A venda das entradas para o evento começa em 27 de agosto, segundo o governo paulista, e os participantes terão que usar máscara obrigatoriamente durante todo o tempo de permanência no Autódromo de Interlagos. A previsão do governo é a de que a realização da Fórmula 1 na cidade de São Paulo tenha impacto financeiro de R$ 670 milhões para a capital paulista, com a criação de aproximadamente 8 mil empregos temporários.