PUBLICIDADE

– INVISÍVEL

Governo de SP financia projetos de empreendedores do centro da capital

DownloadGoverno de SP

O comércio da região central da capital já se beneficia das linhas de crédito do Governo de São Paulo. O governador Tarcísio de Freitas disponibilizou R$ 200 milhões em ajuda aos comerciantes para a requalificação do centro. As linhas de financiamento têm como principais objetivos atrair novos empreendimentos, promover a reurbanização e a reocupação da região.

A aposta do Governo do Estado é revitalizar e reocupar a região central. A oferta de crédito para atrair e apoiar empresários – muitos com o desejo de ampliar seus negócios – passa principalmente pelo Centro Histórico de São Paulo.

Felippe Nunes é um dos sócios do Café Girondino, que tem quase 150 anos e hoje fica na Rua Boa Vista, ao lado do Metrô São Bento. A ideia do comerciante é expandir a cafeteria, com mais temática, expediente maior e mais colaboradores.

“O centro de São Paulo é um local que as pessoas visitam. Com esse investimento, eu acredito que agora vai evoluir muito mais. A gente veio de uma pandemia. Com o centro voltando, sendo abraçado dessa forma, para nós é isso muito importante”, afirmou Nunes.

A Desenvolve SP – agência de fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) – atua na região financiando projetos de diversos empreendedores. Foram disponibilizados, por exemplo, R$ 170 milhões para micro, pequenos e médios empresários que já estão em atividade ou querem abrir seu negócio.

Para o Governo, a oferta de crédito em condições diferenciadas é uma forma de mostrar ao investidor e a quem tem interesse de ir para o centro que haverá uma grande transformação na região.

“Considero [o centro] uma das maiores joias que temos se olharmos para o desenvolvimento imobiliário, econômico e o empreendedorismo. Chegou o momento de ficarmos mais otimistas. Vai dar certo. Eu acredito no centro de São Paulo”, afirma Jorge Lima, que comanda a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico.

Como obter o crédito

As taxas são reduzidas (a partir do INPC mais 0,41% ao mês) para micro, pequenos e médios empresários de São Paulo, com prazo de até 120 meses para pagar e carência de até 36 meses. Os interessados devem acessar o site da Desenvolve SP e fazer a simulação de crédito.

Já o Banco do Povo vai oferecer R$ 30 milhões em recursos para pessoas físicas e Microempreendedores Individuais (MEIs), com juros a partir de 0,35% ao mês, prazo de até 36 meses e carência de até três meses.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

O post Governo de SP financia projetos de empreendedores do centro da capital apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.