PUBLICIDADE

São Paulo / Economia

São Paulo tem o gás de cozinha vendido em botijões como principal fonte de energia para cozinhar.

A maior parte das casas do estado de São Paulo tem o gás de cozinha vendido em botijões como principal fonte de energia para cozinhar. São 13,2 milhões de residências — 85,3% do total de domicílios no estado.
O levantamento foi feito com base em dados da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) e da Fundação Seade.
Somente 2,27 milhões de lares possuem gás natural encanado. Isso representa 14,7% do total de residências em São Paulo.
A média nacional é ainda menor. Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), apenas 1,6% dos lares no país têm acesso ao gás encanado.
Essa disparidade na quantidade de pessoas que utilizam o gás encanado em São Paulo comparado ao restante do país se deve à privatização das companhias de gás, segundo o economista do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) Adriano Pires.
(📸: reprodução)