PUBLICIDADE

São Paulo / Esporte

Manchester City e PSG se enfrentam em busca de vaga na final da Liga dos Campeões

 

Foto: Reprodução/Manchester City

O primeiro finalista da Uefa Champions League sai nesta terça-feira (4), às 16h (horário de Brasília), do confronto entre Manchester City x PSG, duas equipes que nunca conquistaram a competição europeia. A partida será no Etihad Stadium, na casa do time inglês. No jogo da ida, na França, os ingleses venceram por 2 a 1. Com isso, jogam por um empate e podem até perder por 1 a 0 que avançam à final. A transmissão ao vivo fica por conta da TNT, na TV fechada, no Facebook da TNT Sports, na internet, e no Estádio TNT Sports, na plataforma de streaming.

Manchester City

Ultimamente não dá para cravar a escalação do City, pois Guardiola tem optado por rodar o time titular. Para a partida contra o PSG o treinador da equipe inglesa deve praticamente manter os mesmos jogadores que atuaram no jogo de ida contra os parisienses. O Manchester City tem a vantagem no confronto, mas pela sua característica não deve jogar com o regulamento debaixo do braço.

De Bruyne é a principal arma do Manchester City Foto: Reprodução/De Bruyne

Provável escalação do Manchester City: Ederson; Walker, Dias, Stones, Cancelo (Zinchenko); Rodri, Gundogan, Silva; Mahrez, De Bruyne, Foden. Técnico: Pep Guardiola

 

PSG

Com a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, a situação para a equipe francesa ficou um pouco complicada. O PSG tem que marcar ao menos dois gols na Inglaterra para avançar à grande decisão. Um novo 2 a 1 a favor dos parisienses leva o duelo para a prorrogação, persistindo no resultado vai para as penalidades. Com a expulsão de Idrissa Gueye, na primeira partida, Danilo Pereira ou Draxler pode aparecer ao lado de Paredes e Verrati no meio campo. Mbappé, tratado como dúvida para o confronto, treinou ontem e será reavaliado para o confronto. Neymar está confirmado.

Neymar é um dos principais trunfos do PSG para esse confronto decisivo Foto: Reprodução/PSG

Provável escalação do PSG: Navas; Florenzi, Marquinhos, Kimpembe, Bakker; Paredes, Danilo (Draxler); Di Maria, Verratti, Neymar; Mbappé . Técnico: Mauricio Pochettino

 

Arbitragem

Árbitro: Björn Kuipers (HOL)

Assistentes: Sander van Roekel (HOL) e Erwin Zeinstra (HOL)

Quarto árbitro: Tasos Sidiropoulos (GRE)

VAR: Pol van Boekel (HOL)

Assistente VAR: Dennis Higler

Leia Também: Treinadores sofrem com imediatismo do futebol brasileiro