PUBLICIDADE

São Paulo / Gente

João Cândido Portinari, filho de Cândido Portinari, ficou emocionado com a releitura da obra “O lavrador de café”

João Cândido Portinari, filho de Cândido Portinari, ficou emocionado com a releitura da obra “O lavrador de café”, de seu pai, feita pelo artista e ativista Mundano, em um mural de 780 m² no Centro de São Paulo.
Prestes a ser finalizado, o grafite foi produzido com tinta feita à base de cinzas das florestas brasileiras que foram queimadas nos últimos meses.
O painel fica localizado na Rua Capitão Mor Jerônimo Leitão, 108. Segundo os produtores da exposição, a melhor vista para a obra é a da passarela da Avenida Prestes Maia.
O Brasil já registra o maior número de queimadas em áreas de Mata Atlântica dos últimos 15 anos. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), até agosto, ocorreram mais de 11,2 mil focos de incêndio em locais com a presença do bioma, em todo o território nacional.
O estado de São Paulo também registrou em agosto de 2021 o maior número de focos de incêndio no mês, em 10 anos, segundo o Inpe.
(📸: reprodução)